A importância dos mapas em papel

Os mapas estão muito presentes no nosso dia-a-dia. Quando vamos escolher um restaurante para jantar ou planear uma viagem são os mapas quem nos ajudam a orientar e identificar no espaço os pontos de interesse. Atualmente a leitura e utilização dos mapas é mediada através de interfaces digitais que processam por nós todos os fatores ligados com a orientação. Através de tecnologias como o GPS, a nossa localização e orientação relativamente ao mapa são automaticamente apresentados. Não precisamos de conhecimento prévio para manusear um mapa atualmente. Todos sabemos como pegar no nosso smartphone, abrir a aplicação de mapas, escolher um destino e deixar o navegador orientar-nos.

5 tipos de mapas

Um mapa pode ser definido simplesmente como uma imagem ou um conjunto de imagens representativas da superfície da Terra. Por norma os mapas servem para representar as características físicas de uma determinada área geográfica tais como o relevo, fronteiras, corpos d’água, localizações de cidades e assim por diante. Mas existem diversos tipos de mapas, cada um com as suas próprias funções e características. Aqui ficam cinco exemplos de mapas distintos.

Coleção de Guias e Mapas dos Percursos Pedestres Transalentejo

A InfoPortugal produziu a Coleção de Guias de Percursos Pedestres Transalentejo e produtos informativo-promocionais complementares para o Turismo do Alentejo. 
Estes são os guias oficiais dos 36 percursos pedestres de todo o território alentejano. A coleção vem servir de apoio e orientação para quem estiver interessado em descobrir os percursos pedestres que cada concelho tem para oferecer. Os roteiros contêm mapas detalhados de cada um dos percursos, a respetiva ficha técnica, na qual são destacados os pontos de interesse mais relevantes.

Ortofotocartografia do Concelho de Cascais

A Infoportugal realizou a produção da ortofotocartografia do Concelho de Cascais. De acordo com as necessidades da Câmara Municipal de Cascais, foi contemplado um buffer adicional de 100 metros ao limite original da CAOP e os ortofotomapas que contemplavam a área de costa foram produzidos integralmente, tendo sido preenchidos na sua totalidade pelo Oceano.

Como ler a Carta Militar

Para trabalhar com a Carta Militar é importante conhecer as convenções e saber ler a informação presente nestes mapas topográficos.

As cartas são normalmente fornecidas em papel e contêm um conjunto de informação marginal que facilita a sua fácil interpretação. Contudo, a app Cartas Militares disponibiliza cartografia produzida pelo Centro de Informação Geoespacial do Exército (CIGeoE), de todo o Território Nacional (Continente, Madeira e Açores), em formato digital interativo. Neste artigo pretende-se explorar de uma forma geral a leitura das Cartas Militares e fornecer uma legenda de auxílio para a interpretação e uso das Cartas na app.

Mapa Turístico da Batalha e Património UNESCO do Centro de Portugal

O Município da Batalha lançou novos mapas turísticos, com cartografia atualizada e design, produzidos pela InfoPortugal. Os mapas têm a dupla funcionalidade de representar a Vila da Batalha ao pormenor e apresentar os Monumentos que constituem Património da Humanidade do Centro de Portugal.

3 razões pelas quais o planeamento urbano precisa de tecnologias SIG

As comunidades urbanas estão em constante mudança e a forma como interagimos com as cidades está a alterar-se. A implementação de métodos e ferramentas dos Sistemas de Informação Geográfica (SIG), pode otimizar esta mudança e revelar perspectivas valiosas sobre os novos desafios da atualidade. A tecnologia atual permite recolher vastas quantidades de informação geoespacial que, por sua vez, possibilitam a análise muito completa das necessidades e limitações de uma cidade. Existem inúmeras aplicações dos SIG no planeamento urbano com potencial para causar um impacto significativo no crescimento das comunidades e na vida dos moradores.

Carta de Uso e Ocupação do Solo em Portugal continental (1995 – 2018)

A Carta de Uso e Ocupação do Solo (COS) trata-se de um produto nacional desenvolvido e disponibilizado pela Direção Geral do Território (DGT) que, tal como o nome indica, visa retratar as diferentes ocupações do solo nacional ao longo do tempo. Esta carta enquadra-se numa série temporal com cinco anos de referência (1995, 2007, 2010, 2015 e 2018) e apresenta uma consistência temática, espacial e temporal que permite análises comparativas entre as diferentes versões. A COS representa a intenção da DGT de disponibilizar informação relativa ao uso e ocupação do solo com regularidade e fiabilidade. Esta publicação é desenvolvida tendo por base a fotografia aérea e, com os avanços tecnológicos, tem vindo a ser produzida em períodos cada vez mais curtos de tempo.

Mapa Turístico Porto e Norte: Edição 2020

A edição deste ano do mapa Turístico Porto e Norte traz novidades e pretende reforçar a imagem e a comunicação deste destino turístico. A  InfoPortugal tem produzido ao longo de anos as várias edições deste mapa para a Associação de Turismo do Porto e Norte (ATP), uma vez que se trata de um mapa com muita adesão, o que reforça a importância de ser renovado, com a cartografia atualizada.

Mapa de pontos de venda do jornal Expresso

Numa altura em que muitos pontos de venda do seu jornal estão fechados devido à situação atual do país e do Mundo, o Expresso disponibiliza um mapa que lhe irá facilitar o acesso ao seu jornal e à sua informação.

Trata-se de um mapa interativo de Portugal continental e das Ilhas, desenvolvido pela InfoPortugal, com a representação dos cerca de cinco mill pontos de venda do jornal Expresso que estão abertos. Explore o mapa e descubra o ponto de venda mais conveniente para si. Ao fazer zoom na área que pretende, pode aceder à informação relativa a cada um dos locais de venda.