Cadastro Predial – Normas e especificações técnicas

O Cadastro Predial (CP) trata-se de um registo público que permite a compreensão dos prédios dentro de um determinado território. Reúne informação relativa à referência, localização administrativa e geográfica, configuração geométrica e área dos mesmos.

O CP tem uma importância e valor bastante elevados na sociedade e contribui para o desenvolvimento económico de um país. Tem vindo a ser aplicado e executado de acordo com diferentes necessidades e propósitos. Inicialmente apenas com um carácter fiscal mas, dado às evoluções da sociedade, tem vindo a adquirir novas funções e utilidades. Os benefícios de um sistema cadastral são inúmeros, até porque os sistemas cadastrais encontram-se em constante evolução como consequência dos desenvolvimentos tecnológicos e sociais.

Principais vantagens nos levantamentos topográficos com drone

Os drones surgiram há relativamente pouco tempo, mas desde logo tornaram-se numa ferramenta cada vez mais popular e de imensa utilidade.
Em conjunto com grandes avanços na fotogrametria digital, estas ferramentas, vieram revolucionar a maneira como se obtém e processa informação geográfica com base em fotografia aérea, com óbvias vantagens em relação à topografia tradicional.

A importância dos mapas em papel

Os mapas estão muito presentes no nosso dia-a-dia. Quando vamos escolher um restaurante para jantar ou planear uma viagem são os mapas quem nos ajudam a orientar e identificar no espaço os pontos de interesse. Atualmente a leitura e utilização dos mapas é mediada através de interfaces digitais que processam por nós todos os fatores ligados com a orientação. Através de tecnologias como o GPS, a nossa localização e orientação relativamente ao mapa são automaticamente apresentados. Não precisamos de conhecimento prévio para manusear um mapa atualmente. Todos sabemos como pegar no nosso smartphone, abrir a aplicação de mapas, escolher um destino e deixar o navegador orientar-nos.

5 tipos de mapas

Um mapa pode ser definido simplesmente como uma imagem ou um conjunto de imagens representativas da superfície da Terra. Por norma os mapas servem para representar as características físicas de uma determinada área geográfica tais como o relevo, fronteiras, corpos d’água, localizações de cidades e assim por diante. Mas existem diversos tipos de mapas, cada um com as suas próprias funções e características. Aqui ficam cinco exemplos de mapas distintos.

Ortofotomapas 3D

Os ortofotomapas são soluções cartográficas largamente utilizadas por serem do ponto de vista económico e de tempo de execução muito vantajosas e de utilização simples e expedita em qualquer software CAD ou SIG. Contudo, a sua grande limitação é o facto de reportarem apenas informação 2D, não permitindo ter informação sobre declives, altura dos edifícios ou cota do terreno.

Mapas digitais de suscetibilidade a inundações

As inundações são desastres naturais muito frequentes e que causam danos económicos, sociais e ambientais em todo o mundo. Durante muitos anos, o estudo e a gestão de planícies susceptíveis a inundações tornavam-se muito dispendiosos e de difícil obtenção, uma vez que grande parte destas análises eram realizadas manualmente com recurso a mapas de papel.

Hoje em dia, as tecnologias dos Sistemas de Informação Geográfica estão a contribuir para a criação de mapas digitais de suscetibilidade a inundações precisos, atualizados de uma forma mais rápida e com menor custo.

Cartografia homologada 2020

A produção de cartografia homologada para fins de utilização pública tem sido um dos grandes investimentos da InfoPortugal. Municípios e outras instituições públicas têm confiado à InfoPortugal a produção de ortocartografia, para obter a sua homologação.

Análise de informação tridimensional

O crescimento da importância deste tipo de informação dentro da área dos SIG deve-se bastante ao aparecimento muito significativo de inúmeras formas de criar, mapear e medir informação tridimensionalmente. Modelos digitais de terreno e de superfície, nuvens de pontos, modelos 3D e realidade aumentada são exemplos de formatos que geram dados 3D.

cartografia matosinhos por infoportugal

Novas regras da Cartografia apresentadas pela DGT na JIIDE 2020

Nas XI Jornadas Ibéricas de Infraestruturas de Dados Espaciais (JIIDE 2020), decorridas entre 26 e 30 de outubro, a Direção-Geral do Território (DGT) fez uma apresentação sobre as novas especificações técnicas de Cartografia, que têm sido desenvolvidas em colaboração com a InfoPortugal.

Ortofotocartografia do Concelho de Cascais

A Infoportugal realizou a produção da ortofotocartografia do Concelho de Cascais. De acordo com as necessidades da Câmara Municipal de Cascais, foi contemplado um buffer adicional de 100 metros ao limite original da CAOP e os ortofotomapas que contemplavam a área de costa foram produzidos integralmente, tendo sido preenchidos na sua totalidade pelo Oceano.