3 razões pelas quais o planeamento urbano precisa de tecnologias SIG

As comunidades urbanas estão em constante mudança e a forma como interagimos com as cidades está a alterar-se. A implementação de métodos e ferramentas dos Sistemas de Informação Geográfica (SIG), pode otimizar esta mudança e revelar perspectivas valiosas sobre os novos desafios da atualidade. A tecnologia atual permite recolher vastas quantidades de informação geoespacial que, por sua vez, possibilitam a análise muito completa das necessidades e limitações de uma cidade. Existem inúmeras aplicações dos SIG no planeamento urbano com potencial para causar um impacto significativo no crescimento das comunidades e na vida dos moradores. Munidos com estas tecnologias podemos tomar decisões mais informadas e definir estratégias a curto e longo prazo para potenciar o uso dos recursos urbanos. Estas são três das razões mais importantes pelas quais podemos tirar partido das soluções dos SIG:

1. Exibição limpa e clara da informação

Somos seres visuais. Apresentações de informação claras e intuitivas são extremamente eficazes para os processos de tomada de decisão. Os SIG permitem-nos mostrar todas as camadas de dados necessárias de uma só vez e de uma forma clara. Isto torna os processos de gestão urbana mais rápidos e eficazes.

2. Recursos urbanos

Os SIG permitem uma catalogação extremamente eficiente dos diferentes recursos que uma cidade dispõe. Um catálogo digital destes bens pode servir como sistema de cadastro dos mesmos. Possibilitando a múltiplos utilizadores deste serviço a consulta, filtragem e organização da informação, de acordo com necessidades específicas e a oportunidade de colaborarem instantaneamente através da cloud.

3. Gestão das áreas

As autoridades das cidades e os proprietários dos terrenos geralmente controlam quem detém as propriedades, no entanto os limites exatos às vezes podem não ser adequadamente marcados ou claramente definidos, principalmente em cidades menores. Os SIG, através de recursos como os ortofotomapas, podem criar um mapa de parcelas geograficamente preciso usando documentos e planos legais para exibirem corretamente a propriedade.

Para saber mais sobre este tema ou outros serviços de cartografia entre em contacto connosco ou consulte o nosso portefólio.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *