ortofotomapas-by-infoportugal

Ortofotomapas verdadeiros: Um compromisso entre produtor e cliente

A produção de ortofotomapas é uma técnica relativamente recente na linha do tempo da produção cartográfica. A sua produção em escala só foi possível quando todo o processo fotogramétrico se tornou digital em todas as suas fases.

Os ortofotomapas são um produto cartográfico de excelência, nomeadamente quando se trata de um produto de utilização indispensável, como base em todos os sistemas de informação geográfica dada a relativa facilidade, rapidez e baixo custo com que podem ser produzidos.

O conceito de ortofotomapa verdadeiro não se colocava até há bem pouco tempo, uma vez que as coberturas aéreas eram executadas a grande altitude e a escala da fotografia era tão pequena que o rebatimento dos edifícios era negligenciável.

Com a sede de informação em que vivemos e a respetiva procura de fotografia aérea digital e ortofotomapas cada vez com mais detalhe (escalas maiores), o rebatimento dos edifícios passa a assumir uma importância maior no produto final. Este fenómeno é ainda mais crítico nas coberturas aéreas feitas com drone a muito baixa altitude.

A produção de ortofotomapas verdadeiros está totalmente dependente da capacidade de se obterem modelos digitais de superfície muito detalhados e que representem rigorosamente os objetos existentes à superfície, e esta tarefa nem sempre é conseguida, levando os produtores de cartografia e os clientes finais a terem que assumir um compromisso de avaliação das vantagens e desvantagens da produção de ortofotomapas verdadeiros.


Ortofotomapa normal: Um edifício de 6 andares com rebatimento a ocultar o passeio e grande parte da rua porque a ortorretificação é feita com base no modelo digital do terreno.


Ortofotomapa verdadeiro: A altura dos edifícios é percetível pela sua sombra mas o rebatimento é eliminado pela ortorretificação da imagem baseada no modelo digital de superfície.

As vantagens dos ortofotomapas verdadeiros são visíveis nos exemplos apresentados, mas a sua produção é tecnicamente mais exigente e são inevitáveis as imperfeições pontuais no mosaico final obtido, nem sempre toleradas por clientes menos familiarizados com as diferentes técnicas de produção.

A InfoPortugal tem vindo a consolidar a técnica de produção de ortofotomapas verdadeiros, investindo bastante em software, hardware e formação de técnicos qualificados. Hoje somos detentores dos meios necessários para uma produção de ortofotomapas verdadeiros de alta qualidade e estamos já a aplicar esta técnica de produção numa grande percentagem dos nossos projetos de ortofotomapas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *