“Easter eggs” na cultura digital

Sabia que os Ovos da Páscoa não são apenas símbolos típicos da época da Páscoa? Easter eggs (Ovos da Páscoa), é uma expressão bastante usada no mundo dos jogos, filmes e tecnologia para descrever algo que está escondido no media ou uma referência secreta que só os verdadeiros fãs percebem.

A tradição dos ovos da Páscoa vem de uma mais antiga data da festividade pagã do equinócio da Primavera. Na mitologia anglo-saxónica venerava-se a deusa Ostera, associada à fertilidade, ao amor e ao renascimento. Estes temas eram representados por ovos que eram adornados de várias cores e a caça aos ovos era uma prática tradicional, só mais tarde ficaram associados ao evento da Páscoa. A caça aos ovos é uma das tradições antigas que sobreviveu até aos dias de hoje.

Ovos de Páscoa coloridos

Atualmente, esta prática foi adotada e disseminada na cultura digital e da tecnologia. Em vez de se esconderem ovos coloridos numa sala e de se encorajar as crianças a procurá-los e a colecciona-los, hoje em dia, é muito habitual serem escondidos segredos dentro dos jogos de computador, que podem oferecer uma pequena recompensa ao jogador que os encontre. Podem ser simples textos ou imagens com referências a outros jogos ou a outros meios, outras vezes podem ser grandes eventos que podem alterar a dinâmica do jogo em questão, ou mesmo revelar um jogo totalmente novo que não tinha sido previamente apresentado.

Na área do game development, os Easter eggs são bastante comuns e são uma forma de aumentar a interação dos jogadores e de os encorajar a explorar mais o ambiente do jogo mesmo depois deste ter terminado.

O primeiro Easter Egg eletrónico – Adventure (Warren Robinett Atari 2600)

Easter Egg – GTA San Andreas – 2004

A nossa sociedade atual adotou e adaptou esta tradição antiga e atualmente os Easter eggs são inseparáveis da cultura dos jogos digitais e chegam mesmo a ser a assinatura e o legado dos developers nos jogos que desenvolveram. No Cinema, podem ser referências que se tornam um culto e enriquecem a narrativa. Na tecnologia podem ser items secretos ou eventos inesperados que acontecem na navegação de um website ou uma combinação específica de teclas que desbloqueiam o item secreto. Grandes marcas de software, como a Google têm lançado Easter eggs de várias formas e feitios, com o simples intuito de entreter, envolver, surpreender e motivar utilizadores e seguidores da marca, até poder tornar-se um objeto de culto por si.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *