Design shots: Imagética e bancos de imagens

O uso de imagens de stock em Design tem vindo a mudar, cada vez mais é importante uma imagem convincente e realista, que transmita autenticidade e um determinado ambiente ou mood. É de evitar as habituais imagens de pessoas felizes que olham para a câmara segurando um objeto representativo de uma área de negócio, com a luz perfeita e fundo desfocado. Este tipo de imagem deixou de ser convincente e passou a ser sinónimo de monotonia e artificialidade. Cada vez mais se procuram fotografias que possam transmitir uma ideia através de uma cena que represente uma determinada ação, de forma ao utilizador poder projetar-se na imagem.


O impacto das redes sociais influenciou a forma de ver e partilhar imagens e de expressar um conceito através delas. O conceito deve ser transmitido sob a forma de um momento, uma experiência. Especialmente na área do turismo, já não é suficiente colocar modelos fotográficos, com aspeto idealizado, representativos de um determinado público-alvo, com um sorriso a contemplar o infinito, no cenário da região turística que se pretende promover. É preciso ser inovador e ir ao encontro da realidade de hoje para se conseguir convencer o público. Deve saber-se utilizar a linguagem das redes sociais, e colocar o enquadramento focado na primeira pessoa, interessa aqui o tema da fotografia ser “onde fui”, “o que comi”, “onde dormi”, “o que visitei”.

A cor, a luz e o enquadramento devem ser capazes de imprimir um determinado ambiente ou estado de espírito.

Ana Leite
Lead Designer

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *